qua., 30 de out. | Sesc Presidente Dutra (DF)

PALESTRA - A inteligência emocional por trás do universo da mulher

O delicado equilíbrio entre casamento, maternidade e carreira.
A inscrição está fechada
PALESTRA - A inteligência emocional por trás do universo da mulher

Horário e local

30 de out. de 2019 20:00
Sesc Presidente Dutra (DF), Edifício Presidente Dutra - Setor Comercial Sul - SHCS Q. 2 - Asa Sul, Brasília - DF, 70317-900, Brasil

Sobre o evento

  

Um em cada três casamentos termina em divórcio no Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos últimos 30 anos houve um aumento de 269%.

A questão alarmante é que 65% dos divórcios acontecem após o nascimento do primeiro filho, esse número é tão alarmante que os americanos deram um nome ao fenômeno: "baby clash".

Um filho é a marca verdadeira de uma união; o casamento pode acabar, mas relação entre o pai e a mãe de uma criança será eterno.

Nas duas últimas décadas a ciência cognitiva, responsável pelo desenvolvimento da inteligência emocional, conseguiu desvendar os fenômenos por traz da questão.

Você sabe o que significa carga mental?

Muitas vezes, o que ocorre nos casamentos é uma sobrecarga de tarefas, principalmente, sobre a mulher, agravado quando ela trabalha fora, gerando o que é conhecido como carga mental.

Um estudo intitulado “Thinking About the Baby”, ou “Pensando sobre o Bebê”, realizado pela pela socióloga Suzan Walzer, em 1996, concluiu que as mulheres assumiram o peso da educação das crianças e a manutenção do ambiente doméstico nos planos mental, emocional e intelectual.

Esta sobrecarga foi denominada de "Carga mental", que consiste em pensar sem parar no que há para fazer.

Em outras palavras, são elas que, na maioria dos casos, são as principais responsáveis por gerenciar tudo o que acontece dentro de casa e também fora dela. E o trabalho aumenta quando são mães. Tudo isso impacta fortemente no casamento, e claro no emocional da mulher.

Outro estudo com o título “Efeitos do Divórcio sobre as Crianças”, publicado em 2012 pelo Marriage and Religion Research Institute (Instituto de Pesquisas sobre Casamento e Religião), nos Estados Unidos, descobriu que o stress causado pelo divórcio prejudica a relação entre mãe e filhos em 40% dos casos.

Mas não precisa ser assim

A moderna ciência cognitiva, responsável pelos estudos do universo da inteligência emocional, já apresenta um novo caminho que melhora o universo da família e que promete causar um grande impacto social, uma vez que um estudo da Universidade de Harvard comprova que a família é a base da sociedade.

A inscrição está fechada

Compartilhe este evento