Buscar

Howard Gardner



Campus - Harvard University

Filho de judeus vindos da Alemanha devido a perseguição nazista durante a segunda guerra mundial, Dr. Gardner ingressou na Universidade de Harvard em 1961. Conheceu, então, o Dr. Erik Erikson, teórico da Psicologia do Desenvolvimento e psiquiatra responsável pelo estudo da Teoria do Desenvolvimento Psicossocial do Departamento de Psicologia de Harvard.

A amizade com Erik Erikson (1902-1994) redirecionou a carreira acadêmica para os campos combinados de psicologia e educação. Na pós-graduação, pesquisou o desenvolvimento dos sistemas simbólicos pela inteligência humana sob orientação do célebre educador Jerome Bruner.

Desse relacionamento surgiu seu interesse pelo estudo das relações sociais, com abrangência das seguintes áreas do conhecimento: psicologia, sociologia e antropologia voltada à psicologia clínica.

Após conhecer o psicólogo cognitivo Jerome Bruner e a obra de Jean Piaget, o Dr. Gardner trocou seu campo de interesse. Em 1971, terminado o doutorado com dissertação sobre sensibilidade de estilo em crianças, ainda em Harvard, passou a trabalhar juntamente com Nelson Goodman, coordenando o grupo de pesquisa em educação pela arte conhecido como Project Zero.

Nessa época, Gardner integrou-se ao Harvard Project Zero, destinado inicialmente às pesquisas sobre educação artística.

Esse projeto, fundado em 1967, objetivava: o estudo sistemático do pensamento artístico; a criatividade em arte, e; disciplinas da área humana e científica, atendendo o indivíduo e a instituição.

Elas vieram a público em seu sétimo livro, Frames of Mind, de 1983, que o projetou da noite para o dia nos Estados Unidos. O assunto foi aprofundado em outro campeão de vendas, Inteligências Múltiplas: Teoria na Prática, publicado em 1993.

Em 1971, tornou-se co-diretor do projeto, cargo que mantém até hoje. Foi lá que desenvolveu as pesquisas sobre as inteligências múltiplas.

Formado no campo da psicologia e da neurologia, o cientista norte-americano Howard Gardner causou forte impacto na área educacional com sua teoria das inteligências múltiplas, divulgada no início da década de 1980.

Nos escritos sobre educação que se seguiram, enfatizou a importância de trabalhar a formação ética simultaneamente ao desenvolvimento das inteligências. Hoje leciona neurologia na escola de medicina da Universidade de Boston e é professor de cognição e pedagogia e de psicologia em Harvard.

Seu interesse pelos processos de aprendizado já estava presente nos primeiros estudos de pós-graduação, quando pesquisou as descobertas do suíço Jean Piaget (1896-1980). Por outro lado, a dedicação à música e às artes, que começou na infância, o levou a supor que as noções consagradas a respeito das aptidões intelectuais humanas eram parciais e insuficientes.

Em 1979, o Dr. Gardner assumiu a coordenação da pesquisa financiada pela Fundação Van Leer. Acumulava, assim, as funções de: professor de cognição e educação da Universidade de Harvard; professor adjunto de neurologia da Universidade de Boston; coordenador, no Boston Veterans Adm. Medical Center, do estudo em vítimas de dano cerebral; coordenador do já citado “Projeto Zero”; além de pesquisador e psicólogo do Cambridge/Boston.

Entre 1979 e 1983, Gardner desenvolveu a teoria das “Múltiplas Inteligências”, reconhecida como a mais inovadora teoria da cognição elaborada no século XX. Ela promete revolucionar o processo educativo do século XXI. O estudo culminou com a publicação do livro “Estruturas da Mente”, em 1983.


HOWARD GARDNER

Até ali, o padrão mais aceito para a avaliação de inteligência eram os testes de QI, criados nos primeiros anos do século 20 pelo psicólogo francês Alfred Binet (1857-1911) a pedido do ministro da Educação de seu país. O QI (quociente de inteligência) media, basicamente, a capacidade de dominar o raciocínio que hoje se conhece como lógico- matemático, mas durante muito tempo foi tomado como padrão para aferir se as crianças correspondiam ao desempenho escolar esperado para a idade delas.

Na época, chamou a atenção do Dr. Gardner o fato de que a teoria e o seu respectivo livro não despertaram interesse nos seus colegas psicólogos, que os deixaram praticamente no anonimato. O contrário se deu na área da educação em que a Teoria das Múltiplas Inteligências a impactou fortemente.

Nos últimos anos, vem pesquisando e escrevendo sobre criadores e líderes exemplares, tema de livros como Mentes Extraordinárias.

Em 2005, foi eleito um dos 100 intelectuais mais influentes do mundo pelas revistas Foreign Policy e Prospect.

Livros de Howard Gardner:

  • The Quest for Mind: Jean Piaget, Claude Levi-Strauss and the Structuralist Movement - New York: Knopf, 1973

  • The Shattered Mind - New York: Knopf, 1975

  • Artful Scribbles: The Significance of Children's Drawings - New York: Basic Books, 1980

  • Art, Mind and of Multiple Intelligence (1983) ISBN 0-465-02510-2 (1993 ed.)

  • The Mind's New Science: A History of the Cognitive Revolution - New York: Basic Books, 1985

  • To Open Minds: Chinese Clues to the Dilemma of Contemporary Education - New York: Basic Books, 1989

  • The Unschooled Mind: How Children Think and How Schools Should Teach (1991) ISBN 0-465-08896-1 (1993 ed.)

  • Creating Minds: An Anatomy of Creativity Seen Through the Lives of Freud, Einstein, Picasso, Stravinsky, Eliot, Graham, and Gandhi (1994) ISBN 0-465-01454-2

  • Multiple Intelligences: The Theory in Practice (1993) ISBN 0-465-01822-X (1993 ed.)

  • Leading Minds: An Anatomy of Leadership - New York: Basic Books, 1995.

  • Intelligence: Multiple Perspectives - Orlando: Harcourt, 1996.

  • Extraordinary Minds: Portraits of Exceptional Individuals and an Examination of our Extraordinariness - New York: Basic Books, 1997

  • Intelligence Reframed: Multiple Intelligences for the 21st Century - New York: Basic Books, 1999

  • The Disciplined Mind: What All Students Should Understand - New York: Simon and Schuster, 1999

  • Multiple Intelligences After Twenty Years, 2003. Paper presented at the American Educational Research Association, Chicago, Illinois, April 21, 2003. [1]

  • Five Minds for the Future - Harvard Business School Press, 2007, ISBN 978-1591399124

  • Responsibility at Work - Jossey-Bass, 2007.

  • "Good Work: Aligning Skills and Values" - More Than Sound Productions [2] 2008


492 visualizações

Endereço: SMPW quadra 16, conjunto 04 - Parkway -

Brasília / DF - Brasil.

CEP 71.741-604