Buscar

9 MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS


Múltiplas Inteligências – Howard Gardner

Entre 1979 e 1983, Gardner desenvolveu a teoria das “Múltiplas Inteligências”, comandando uma equipe de 63 cientistas, reconhecida como a mais inovadora teoria da cognição elaborada no século XX. Ela promete revolucionar o processo educativo do século XXI.

O estudo culminou com a publicação do livro “Estruturas da Mente”, em 1983.

A teoria nasceu com 7 inteligências reconhecidas pela pesquisa, 25 anos depois foi reconhecida a inteligência naturalista e atualmente aguarda confirmação a inteligência existencial, apesar de já ser reconhecida nos países onde a teoria foi implantada.

Abaixo, as 9 Múltiplas Inteligências:


1- INTELIGÊNCIA INTRAPESSOAL

A Inteligência Intrapessoal relaciona-se aos estados interiores do ser, autorreflexão e metacognição.

Operações básicas incluem:

• ter uma avaliação precisa dos próprios pontos fortes e fracos;

• consciência dos próprios humores, intenções, motivações, temperamentos e desejos;

• a capacidade de autodisciplina, autoconhecimento e autoestima.

2- INTELIGÊNCIA INTERPESSOAL

Envolve os relacionamentos pessoa-a-pessoa e a comunicação.

Operações básicas incluem:

• a habilidade de perceber e distinguir os humores, intenções, motivações e sentimentos de outras pessoas;

• a sensibilidade a expressões faciais, qualidades vocais e gestos;

• a capacidade de discriminar entre diferentes indicadores interpessoais;

• a habilidade de responder aos indicadores de forma pragmática;

• a habilidade de tomar decisões relevantes baseadas em percepções interpessoais acuradas;

• a habilidade de comunicar sensível e eficazmente.

3- INTELIGÊNCIA LÓGICA-MATEMÁTICA

Frequentemente chamada de “raciocínio científico” e lida com o raciocínio indutivo e dedutivo, manipulação de números e conceitos numéricos e sensibilidade a padrões e relacionamentos lógicos.

As operações básicas incluem:

• classificação;

• comparação;

• operações numéricas básicas;

• compreensão de regras de causalidade, tempo, espaço;

• raciocínio indutivo;

• raciocínio dedutivo;

• formulação e teste de hipóteses.

4- INTELIGÊNCIA LINGUÍSTICA

Relacionada às palavras e à linguagem – escrita e falada – e domina a maioria dos sistemas educacionais ocidentais.

As operações básicas incluem:

Sintaxe: sensibilidade à estrutura da linguagem e à ordem das palavras;

Semântica: sensibilidade aos sentidos das palavras;

Fonologia: sensibilidade aos sons, ritmos e métricas das palavras;

Pragmática: sensibilidade às funções ou usos práticos da linguagem;

Aspecto retórico: a habilidade de usar palavras para influenciar outros;

Aspecto explanatório: a habilidade de usar a linguagem para explicar conceitos;

5- INTELIGÊNCIA MUSICAL

Inclui a capacidade de perceber (como amante da música), discriminar (como crítico musical), transformar (como compositor) e expressar (como intérprete) formas musicais.

As operações básicas incluem:

• sensibilidade à afinação (a altura ou profundidade dos tons determinadas por suas ondas sonoras);

• sensibilidade ao ritmo (a habilidade de perceber e identificar a frequência auditiva e agrupar sistemas de sons);

• timbre (a habilidade de perceber e identificar as qualidades típicas ou as tonalidades distintas dos sons – instrumentais ou vocais);

• expressão emocional (a habilidade de perceber a forma pela qual a música expressa sentimentos).

• sensibilidade para perceber diferenças no ritmo de mudanças, de captar sutilezas na atmosfera do contexto em que atua/vive.

6- INTELIGÊNCIA NATURALISTA

Conseguir se ver como parte da Natureza e não separado dela;

Pessoas com grande “Visão Sistêmica da Vida”

Pessoas que se relacionam, ou sentem conexão com os animais ou plantas.

7- INTELIGÊNCIA CINESTÉSICA-CORPORAL

Envolve o conhecimento no uso do corpo inteiro para expressar ideias e sentimentos e/ou a facilidade de usar as mãos para trabalhar habilmente com objetos.

As operações motoras delicadas e brutas básicas incluem:

• coordenação;

• equilíbrio;

• destreza;

• força, velocidade;

• flexibilidade;

• capacidades táteis;

• sensibilidade para coordenar grupos.

8- INTELIGÊNCIA EXISTENCIAL

Pessoas que propõem grandes questões, como:

“Qual o sentido da vida?”;

“Qual o significado da morte?”;

“O que é o amor?”, etc.

Sentir o que está na essência da vida, dos valores, do significado das coisas

Não é religião e nem ciência, é o sentir existencial, o entendimento das conexões, da “Visão Sistêmica da Vida”

9- INTELIGÊNCIA ESPACIAL-VISUAL

A Inteligência Espacial/Visual depende do sentido da visão e da capacidade de criar imagens e pinturas mentais internas.

As operações básicas incluem:

• a capacidade de perceber acuradamente o mundo visual dos objetos e das formas;

• a capacidade de realizar transformações e modificações mentais a partir das percepções iniciais;

• a capacidade de recriar aspectos da experiência visual na ausência de estímulos físicos;

• a capacidade de produzir símiles gráficos de informações espaciais;

• sensibilidade a cor, linha, forma, formato, espaço e aos relacionamentos que existem entre esses elementos;

• a capacidade de pensar sistemicamente.

Noção de espaço x tempo;

Capacidade de operar grandes máquinas.


293 visualizações

Endereço: SMPW quadra 16, conjunto 04 - Parkway -

Brasília / DF - Brasil.

CEP 71.741-604